Rul
Notícia publicada em 11/09/2018 às 12:55 | Meio Ambiente
Reserva ambiental em Nova União é destruída
Aproximadamente 2 mil hectares já foram consumidos pelas chamas

 

 

Por Gedeon Miranda 

Do G1 Ji-Paraná 

 

O incêndio que destrói uma reserva ambiental em Nova União, município localizado a 90 Km de Ji-Paraná, completa sete dias nesta sexta-feira (14).

As chamas se aproximam da nascente do Rio São Domingos, conforme moradores da região. A queimada assola, principalmente, os assentamentos Margarida Alves e Palmares.

Segundo o Corpo de Bombeiros local, pelo menos sete funcionários da corporação foram deslocados para frear as chamas e evitar que novos focos comecem. Os bombeiros confirmam que o local atingido é de difícil acesso.

Ao todo, cerca de dois mil hectares foram destruídos, segundo a Polícia Militar (PM). Pela gravidade do incêndio, animais já foram encontrados mortos. Entre as espécies, há cobras, tatus e jabutis. A Polícia Ambiental (BPA) de Rondônia segue com as investigações.

 

os moradores informaram que o incêndio está se aproximando, agora, da nascente do Rio São Domingos. O local é fonte de água da cidade de Nova União. Nas extremidades da nascente, há espécies de animais em risco, inclusive onças, veados e cachorros do mato. No local, também há cachoeiras.

 

Até o momento mais de dois mil hectares de mata nativa e propriedades rurais foram atingidos pelo incêndio. Para pecuaristas, uma das únicas alternativas encontradas é alugar outras propriedades rurais que não foram atingidas.


LEVANTAMENTO


Equipes do Corpo de Bombeiros foram ao local na manhã de terça-feira (11), onde foi realizado um levantamento das áreas atingidas pelo incêndio. De acordo com o capitão Moacyr de Paula, um relatório sobre a proporção do incêndio já foi encaminhado à Secretaria de Segurança Pública (Sejus) da região.

 

“Realizamos um levantamento e percorremos parte das áreas atingidas. Encaminhado o relatório para que estes órgãos se posicionem dizendo o que deve ser feito”, destacou.

 

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, árvores já foram encontradas caídas sobre a estrada, o que dificulta ainda mais o acesso da equipe ao local do incêndio. O vento forte e a vegetação seca contribuíram para que as chamas se alastrassem rapidamente pela mata e pelas propriedades rurais.


De acordo com informações preliminares da Polícia Militar (PM), em três dias, o incêndio já havia destruído mais de 35 propriedades rurais e cerca de 30% da reserva.

4º estado que mais queima


O incêndio em Nova União é um dos que contribuíram para Rondônia chegar ao quarto lugar no ranking entre os estados que mais queimam no país.

Segundo levantamento do banco de dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Rondônia somou pouco mais de 7,2 mil focos de incêndio até esta terça.

Publicidade

Publicidade
RUL

CONTATO
E-mail: contatorul@gmail.com
Fone Redação: (69) 3423-7618
Comercial: (69) 9288-9018 • 9945-5358

 

Netmidia