Rul
Notícia publicada em 17/04/2018 às 14:00 | Cotidiano
Fusquinha 86 é reformado por policiais militares e vira atração
Carro oficial foi uma das primeiras viaturas da PM em Vilhena

 

 

O Fusquinha virou atração em Vilhena

 

Por Herbert Weil
Do Folha do Sul
 

Tamanho não é documento, definitivamente. Ainda que as dimensões do fusquinha ano 1986 não assustem, a viatura RP 071 foi o terror dos marginais em Vilhena nos primórdios da instalação do 3° Batalhão de Polícia Militar na cidade. Hoje restaurado, ainda com todas as peças originais, o veículo virou atração: por onde passa, os curiosos vão atrás, fazendo fotos e perguntando detalhes de sua história. 

Reformado no ano passado, por iniciativa dos policiais militares Sargento Suchi (que hoje exerce mandato de vereador) e Capitão Tiago Santos, através de doações, o fusca passou a ser utilizado em cerimônias oficiais e desfiles da Polícia Militar. “É um patrimônio da história de Vilhena, que é preciso preservar. Ele estava sem motor, com lataria danificada e esquecido em um canto. Em parceria com algumas empresas, com o Ministério Público e recursos próprios, eu pude reformá-lo. Cada um ajudou um pouquinho pra deixar ele de lembrança. É a história da PM, pois na época era o carro oficial das rádio patrulhas em todo o Brasil. Eu mesmo dirigi esse aí por dois anos”, revela Suchi.

A reforma, que demorou um ano e meio, consistiu na pintura das cores originais, peças pequenas, troca dos pneus, compra de um motor e retoques na lataria, bem como limpeza minuciosa do veículo. A viatura é apertada, mas eram feitas patrulhas com quatro policiais dentro do “fusquinha”. Era preciso cuidado redobrado, pois os bancos não têm trava. Os PMs precisavam ter cuidado para os detidos não fugirem quando o policial saía do carro. 
“Essa foi uma das primeiras viaturas do comando em Vilhena. Está funcionando perfeitamente, até hoje. Ficou alguns anos parado, mas agora colocamos ele na ativa novamente, ainda que apenas em ocasiões especais”, conta o capitão Tiago.

A sirene fixa em cima do teto é poderosíssima e pode ser ouvida a até um quilômetro de distância. Charmoso, mas funcional, o veículo tem rádio e pode se comunicar com outros carros oficiais. Bem conservado, o carro passeou nesta semana pelo pátio do Posto Fiscal Portal da Amazônia, onde trabalham policiais militares “das antigas”, que, em rodas animadas, relembraram as diligências realizadas com o RP. 071 pela ainda jovem cidade de Vilhena.
DETALHES DO MODELO 

O modelo de 1986, último ano de fabricação do Fusca, chega a 136 km/h e faz média de 5,85 km por litro na cidade e até 10,5 km por litro na estrada. A velocidade de arranque não é o forte do fusquinha, indo de 0 a 100 km/h em 18 segundos.

Publicidade

Publicidade
RUL

CONTATO
E-mail: contatorul@gmail.com
Fone Redação: (69) 3423-7618
Comercial: (69) 9288-9018 • 9945-5358

 

Netmidia