Rul
Notícia publicada em 27/03/2018 às 14:00 | Educação
Trabalhadores da educação fecham a BR-364 em dois municípios

 

 

Dezenas de servidores da Educação fecharam a BR-364 nas cidades de Vilhena e Candeias do Jamari. Em greve desde o dia 21 de fevereiro, eles protestam pela falta de diálogo do Governo. 

 

Segundo o Sintero, sindicato da categoria, os protestos reúnem trabalhadores de todo estado nos dois municípios. Os residentes em Guajará-Mirim e Ji-Paraná estão reunidos em Candeias, onde a paralisação acontece na entrada da cidade.

 

Já em Vilhena, a interdição total da pista acontece a partir do quilômetro 24 e reúne os professores de Presidente Médici até as cidades do Cone Sul de Rondônia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o bloqueio em Vilhena começou por volta das 9 horas e já há mais de 10 quilômetros de congestionamento no sentido Pimenta Bueno a Vilhena. No sentido oposto, o congestionamento é menor.

 

Ainda conforme o Sintero, a radicalização das manifestações é devido a inércia do governo que não apresenta propostas para chegar a uma solução. Na última semana, a categoria ocupou a sede da Seduc, no CPA, para pressionar o governo a entregar o levantamento sobre os cálculos dos servidores que aguardam a aposentadoria. 

Publicidade

Publicidade
RUL

CONTATO
E-mail: contatorul@gmail.com
Fone Redação: (69) 3423-7618
Comercial: (69) 9288-9018 • 9945-5358

 

Netmidia