Rul
Notícia publicada em 19/10/2017 às 15:08 | Saúde
Silvia Cristina comemora dois anos de carreta do câncer e 19 mil atendimentos
A unidade móvel possui mamógrafo digital e uma grande equipe de profissionais

 

 

A vereadora e coordenadora do Hospital de Câncer de Barretos (HCB) em Ji-Paraná, Silvia Cristina (PDT), comemorou, no último dia 15, os dois anos de atividades da unidade móvel de prevenção (carreta) ao câncer de mama. Neste período, foram realizados mais 19 mil atendimentos em 39 municípios rondonienses.   

 

“São dois anos de carreta e vão vir muito mais para que possamos continuar o trabalho de prevenção ao câncer de mama em Rondônia”, admitiu Silvia Cristina. A vinda da unidade (carreta), em 2015, para Ji-Paraná foi o resultado da parceria entre o HCB e o Instituto Avon.

 

“Para nós, viabilizar a realização de mamografias gratuitas em todas as regiões brasileiras é um passo importantíssimo para o combate ao câncer de mama, já que estimativas do Inca [Instituto Nacional do Câncer] mostram que 30% das mortes podem ser evitadas por meio do rastreamento mamográfico”, explicou o diretor-executivo do Instituto Avon, Lírio Cipriani.

 

Em 2016, a cidade de Ji-Paraná ganhou, em mais uma parceria entre o HCB e o Instituto Avon, uma unidade administrativa do Instituto de Prevenção ao Câncer de Mama, a Casa Rosa, onde são realizados os agendamentos dos exames de mamografias que serão feitos na carreta.

A unidade móvel (que pertence ao polo de Ji-Paraná) possui mamógrafo digital e a equipe de profissionais atua com o objetivo de sensibilizar as mulheres sobre a importância de se fazer o exame preventivo. Segundo especialistas, quando o câncer de mama é diagnosticado na fase inicial a chance de cura da doença é de 90%.


No município, os agendamentos são efetuados na Casa Rosa na rua Engenheiro Manfredo Barata (em frente à sede da Polícia Federal) de segunda a sexta-feira das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas. A paciente deve ter entre 40 e 69 anos e apresentar fotocópia da Carteira de Identidade, CPF, Cartão do SUS e comprovante de residência.


Silvia Cristina afirmou que a Casa Rosa foi mais um presente para o estado de Rondônia e, principalmente, para Ji-Paraná, na prevenção e tratamento do câncer. “A luta foi grande, mas nossa vitória é certa, a partir do momento em que nós não desistimos de nossos sonhos”, acrescentou.

Publicidade

Publicidade
RUL

CONTATO
E-mail: contatorul@gmail.com
Fone Redação: (69) 3423-7618
Comercial: (69) 9288-9018 • 9945-5358

 

Netmidia