Rul
Notícia publicada em 17/07/2017 às 08:29 | Expojipa 2017
Domingo Solidário Expojipa atrai grande público e fortalece ações da Apae e Gapc

 

 

A noite deste domingo (16) marcou o encerramento da 38° edição da Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Ji-Paraná (Expojipa).

O evento foi dedicado à solidariedade, pois toda a renda conseguida nas bilheterias de entrada é revertida para algumas entidades que prestam serviços gratuitos à população de Ji-Paraná.

 

As entidades beneficiadas neste ano foram o Grupo de Apoio aos Portadores de Câncer (GAPC) e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

 

A noite solidária foi marcada pelo show do cantor Marcos Alexandre que também abriu mão do cachê para beneficiar as duas entidades filantrópicas.

 

“A Expojipa celebra as atividades desenvolvidas pela Associação Rural de Rondônia ao longo de um ano, ajudar a movimentar a economia local, promove entretenimento, mantém viva a cultura country, realiza show de prêmios, mas também promove a solidariedade que é uma das funções importante que cumpre em benéfico das pessoas de nossa cidade”, declarou Sérgio Ferreira, presidente da Associação Rural de Rondônia (ARR).

“Esse recurso que entra aqui hoje será de grande utilidade, pois temos folha de pagamento a vencer, alimentos para serem comprados, e temos muitas outras situações para resolver na APAE, que cuida de mais de 300 crianças e adolescentes excepcionais. Agradeço de coração a Associação por nos proporcionar essa ajuda”, declarou Maria José da Silva, diretora administrativa da APAE.

 

“O GAPC vive de doação, e quando recebemos uma ajuda como esta que a Expojipa nos dá, ficamos muito gratos, pois o trabalho que fazemos alcança pessoas que estão em um momento muito difícil de suas vidas, que é na luta contra o câncer. Ajudamos essas pessoas com esses recursos de doação. Obrigado à Associação Rural, obrigado a toda a diretoria, e também obrigado ao cantor Marcos Alexandre que de bom grado nos doou o show para atrair mais pagantes ao Parque de Exposições”, disse Geórgia Lucena, coordenadora do GAPC.

 

A entrada no Parque de Exposições às pessoas que estavam sem o passaporte foi de apenas R$ 5. Além de cobrar a entrada, as entidades venderam rifas, também no valor de R$ 5, com o fim de sortear um prêmio em dinheiro no valor de R$ 3 mil e garantir uma arrecadação ainda maior na noite solidária.

 

Publicidade

Publicidade
RUL

CONTATO
E-mail: contatorul@gmail.com
Fone Redação: (69) 3423-7618
Comercial: (69) 9288-9018 • 9945-5358

 

Netmidia